quarta-feira, 18 de maio de 2011

O melhor de ser diferente é aceitar as diferenças



No mundo em que vivemos todos temos o DIREITO de ser autênticos, verdadeiros a nós mesmos, com a nossa forma de pensar, agir e de SER e isto traz-nos uma sociedade onde todos são diferentes nos mais variados aspectos sociais, económicos, raciais e culturais.
Há várias formas de ver o outro, podemos focar-nos só nos físico, no andar, no vestir, no comer, ... mas não devemos descuidar de ver no outro o seu psicológico, a sua forma de agir, de ser, de falar com os outros, o seu comportamento e não devemos ver apenas os seus defeitos, mas sim as suas qualidades e o que elas podem proporcionar para todos.
Tais qualidades são como a nossa impressão digital, ou seja, únicas. A palavra chave é ACEITAR, para poderemos ter um mundo onde as pessoas sejam compreendidas. Sermos diferentes uns dos outros faz de nós pessoas únicas. O problema disto é que cada um tenta impor a sua forma individual de ser aos demais, criando assim uma grande dificuldade de comunicação. Ninguém pode viver sozinho, e como tal, precisamos uns dos outros para sermos felizes.
Deus nesta certeza dá-nos a receita para nos relacionarmos de forma saudável uns com os outros produzindo alegria, felicidade, entendimento para todos: ACEITARMO-NOS!

1 comentário:

Carlos Tavares disse...

Nada mais do que a verdade!!!